Plantão
Esporte

O Inter faz 2 a 1 no Atlético-GO e estreia com vitória na Copa do Brasil

Publicado dia 29/10/2020 às 03h00min
Marcos Guilherme com Leandro Fernández (D), que abriu o placar para o Inter.

Líder do Campeonato Brasileiro e classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores da América, o Inter venceu por 2 a 1 o Atlético-GO em partida realizada nesta quarta-feira (28), no estádio Olímpico de Goiás, pelas oitavas do torneio nacional. A volta será na próxima terça-feira (3), em Porto Alegre. O Inter abriu o placar com um gol de Leandro Fernández aos 12 minutos do primeiro tempo. Já na segunda etapa, aos 15, Moisés ampliou. Aos 46 do segundo tempo, Jean descontou, de pênalti, para o Atlético Goianiense.

O jogo

O técnico do Inter, Eduardo Coudet, optou por uma equipe totalmente diferente da que vinha atuando, com o zagueiro Pedro Henrique, o lateral Rodinei, o volante Praxedes e Musto. No ataque, Leandro Fernández e Pottker, sem Galhardo, que apresentou um desconforto muscular. Mesmo com essas escolhas, foi o colorado que saiu pressionando.

O Inter conseguiu criar logo boas chegadas pela esquerda, com Praxedes e Moisés. Aos 12, porém, o flanco escolhido para atacar foi o direito. Marcos Guilherme tabelou com Rodinei, foi ao fundo e cruzou na medida para Leandro Fernández, de cabeça, abrir o marcador.

Apesar de tentar reagir, fora o pênalti cavado por Janderson, inicialmente marcado por Marcelo de Lima Henrique, mas na sequência anulado após consulta ao VAR, o Atlético-GO não criou grande perigo, embora tenha somado faltas na intermediária de defesa do Inter. Como a que Marcelo Lomba teve que defender aos 28 minutos. O goleiro Jean cobrou falta forte e o goleiro colorado espalmou a cobrança.

Atingida a casa dos 30 minutos de duelo, o Inter retomou o controle e, com a posse, esfriou o embate, garantindo a vitória parcial para a chegada do intervalo.

Na volta do intervalo o Atlético-GO veio buscando o empate e apostou em arremates de longa distância e bolas alçadas na área colorada. Perigosas, contudo, as chances criadas pelos locais não superaram Marcelo Lomba. Esperto nos contra-ataques, foi o Inter quem ampliou. Moisés escapou pela esquerda, chamou Leandro Fernández, recebeu a devolução no pivô e, de cara com Jean, finalizou no contrapé.

O gol arrefeceu o ritmo mandante, ao mesmo tempo em que deu maior tranquilidade ao Inter. Já nos instantes finais, porém, Jean, de pênalti, descontou para os goianienses.

Atlético GO – Técnico Eduardo Souza

Jean, Luan (Gilvan), Nicolas, João Victor, Éder, William Maranhão (Wellington Rato), Chico, Gabriel B. Janderson (Matheuzinho), Matheus Vargas (Oliveira), Hyuri (Júnior Brandão).

Internacional – Técnico Eduardo Coudet

Marcelo Lomba, Rodinei, Pedro Henrique, Victor Cuesta, Moisés, Nonato (Peglow), Musto, Praxedes (Edenilson), Marcos Guilherme (Patrick), Leandro Fernández (Hernandez), Pottker (D’Alessandro).

Arbitragem

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ);
Assistente 1: Michael Correia (RJ);
Assistente 2: Luiz Cláudio Regazone (RJ);
Quarto Árbitro: Jefferson Ferreira (GO).

 

Fonte: RD Grenal