Plantão
Esporte

Arthur Cabral e Carlos Vinícius viram nomes em pauta para reforçar Grêmio

Publicado dia 27/07/2021 às 03h34min
Arthur Cabral e Carlos Vinícius tiveram seus nomes oferecidos ao Grêmio, que quer se reforçar para o restante da temporada

De olho no mercado, o Grêmio quer se reforçar para o restante da temporada. Com o sinal de alerta ligado, o clube busca sair da zona do rebaixamento o mais breve possível, e para isso, Marcos Herrmann já garantiu que o tricolor gaúcho onda o mercado para contratar.

Na entrevista coletiva do último sábado (24), o vice-presidente gremista comentou sobre a possibilidade de haver um negócio envolvendo o mercado exterior, porém, comentou não ser o foco exclusivamente. Entretanto, o Grêmio tem em sua mesa duas possibilidades envolvendo atacantes. Oferecidos, Arthur Cabral e Carlos Vinícius tiveram seus nomes impostos como oportunidades de negociação.

Arthur Cabral, 23 anos, foi revelado pelo Ceará e após ganhar destaque pelo time nordestino, teve seu passe comprado junto ao Palmeiras onde atuou apenas em cinco partidas. Em agosto de 2019, o atacante foi emprestado ao Basel, da Suíça, que no ano seguinte comprou seus direitos por €4,4 milhões, cerca de R$26 milhões na cotação atual. Porém, o valor imposto pelo clube suíço é de R$15 milhões, valor este considerado fora dos padrões tricolor.

Já Carlos Vinícius, 26 anos, começou no Caldense e teve uma passagem sem oportunidades recebidas pelo Grêmio Anápolis, no Grêmio. O centroavante de 1,90m então foi emprestado ao Real Sport Clube, de Portugal, e ganhou destaque ao marcar 20 gols em 39 partidas. O jogador tem rodagens por outros clubes como Napoli, Rio Ave, Mônaco e Tottenham, porém foi em Portugal que melhor atuou.

Em 2019, Vinícius foi comprado junto ao Benfica por €17 milhões e uma cláusula contratual de €100 milhões. Contudo, após 49 jogos e 24 gols, o atleta acabou perdendo espaço. Com isso, o clube português entende ser possível acontecer um empréstimo do atacante.

Marcos Herrmann confirmou a busca por novos reforços: “A janela internacional não está aberta, mas nós estamos negociando. Temos que fechar negócio nos próximos dias”. Entretanto, conforme apurado pela Rádio Grenal, o dirigente descartou qualquer negociação envolvendo os dois nomes especulados.

Fonte: Andrei Severo/Rede Pampa/scctv.net.br